Protocolo para cura de todos os medos

Todos os medos são gerados a partir do desconhecido e cultivados na estagnação de um bloqueio energético imposto por crenças baseadas em valores criados com o objetivo da manipulação.

O medo produz modificações bioquímicas sistêmicas, alterando frequências energéticas, atuando psiquicamente na consciência do momento manifestado.

O medo é a emoção formada pela ignorância do humano, quanto a capacidade de mudar.

Todos temos muito medo da mudança, pois nos faz sair de uma zona de conforto e nos remete para um momento totalmente desconhecido.

As pessoas permanecem sob o jugo do medo, pela egrégora criada a partir dos diversos momentos manifestados por crenças, conceitos e pré-conceitos, pois o que pensa com sentimento, já está realizado.

A dúvida é o sentimento que destrói toda e qualquer realização.  A dúvida se fará presente, sempre que o ego tomar a dianteira de uma decisão, pois ele valoriza a competição da dualidade e faz com que a energia do foco se esvazie, derivando teus pensamentos para as várias nuances do impossível.

Valorizando a competição, o ego impede o fluxo de realização ao se perder em comparativos.

A energia que flui do esvaziar e preencher, deixa de existir quando haja apego a um ou outro momento, vazio ou cheio.

O medo é gerado pela força emocional manifestada através do código gerado no DNA, pela força da dúvida durante a escolha. Toda identificação gera competição e por tanto, medos.

Fatores registrados inconscientemente como sabores, cores, sons e outras sensações diversas, serão os gatilhos futuros de desenvolvimentos de atitudes conscientes ou não.

A emoção momentânea é repleta de informações energéticas do externo, que serão acessadas quando um dos gatilhos criados for disparado.

A todo instante, o infinito movimento do universo que nos constitui, dita o comportamento efetivo do DNA que através de eliminação e criação de códigos, processa a criação do manifestado. É importante frisarmos aqui, que não criamos nada, mas nos sintonizamos, através dos infinitos códigos energéticos, a tudo aquilo que já está criado desde o infinito dos tempos.

As informações que mais influenciam a vida de um humano adulto, são aquelas adquiridas no período de zero a nove anos de idade. É neste espaço de tempo que crenças, conceitos e pré-conceitos engendrados no DNA de nossos pais e da sociedade que nos constitui, passam a trazer o efeito da escravidão, nos tirando o poder de manifestar nosso voo da verdade, pois nossas asas são engessadas pela ignorância dos medos.

As crenças herdadas, põem em cheque o poder de administrar o desconhecido, passando o humano a ficar preso a uma zona traumática, mas aparentemente confortável, denominada medo.

O medo cria justificativas, desculpas e críticas a fim de se exima do processo de responsabilidade pelo momento manifestado.

Existem somente tuas forças de manifestação, o amor (luz) e o medo (escuridão).

O amor é o mais forte, mas o medo, o mais cultuado.

Inconscientemente desde o nascimento, nossos movimentos são muito mais cercados de medo do que de amor. A falta da crença em si, gera uma energia de estagnação que interrompe o fluxo de criação e desenvolvimento do DNA. Quando mudamos o padrão energético do medo pela frequência luz do amor, há um salto quântico no poder de decodificação do DNA e o acesso ao infinito das possibilidades passa a ser real.

Tudo o que precisamos saber é que todas características energéticas dos humanos  são determinadas pelas frequências energéticas geradas pelos códigos dispostos no DNA. O constante pareamento AT/CG é que gera o campo de infinitas possibilidades que passam a ser manifestadas quando houver a sintonia do DNA humano com o DNA primordial. O DNA não cria nada, apenas se modifica através dos diversos códigos, buscando a sintonia que se completa na emoção do amor próprio e incondicional.

Perfeição e harmonia são estados de emoção do amor; caos e desequilíbrios são resultantes da emoção do medo. Concluímos que a cura de qualquer processo, esteja na fixação da sintonia constante com a amorosidade divina.

Coração puro, vazio de conceitos e pré-conceitos egóicos, é fator fundamental para a eliminação dos medos, sofrimentos e doenças da vida humana. Reconhecendo-se como fonte divina, o ser humano mudará a frequência vibratória de seu DNA até que encontre a senha da sintonia com sua verdade, amor e luz. Então, o medo será eliminado quando: identificarmos o padrão vibratório que o desencadeia DNA; modificarmos este padrão através da alteração energética do código vigente, pelo esvaziamento consciente da então realidade; substituir o sentimento de incapacitação pelo sentimento de amor próprio puro e incondicional.

A cura dos medos é a chave para cura de todas mazelas humanas. Todo o sofrimento humano está relacionado à ignorância que este tem a respeito de seu poder de mudança.

A ausência da luz traz a incerteza do desconhecido e deste sentimento, se aproveitaram aqueles que fizeram, de seus semelhantes, escravos manipulados em prol de seu ego e bem pessoal.

Como zumbis, os seres humanos passaram a ser comandados por uma frequência padrão que os mantiveram, até nossos dias, reféns de crenças alienantes, afastando-os da sintonia de harmonia luz e perfeição.

Hoje, com o avanço da física quântica, os dogmas e conceitos filosóficos alienantes, passaram a ser descortinados, mostrando o quanto a humanidade foi mantida fora de sua sintonia original de amor e luz por tanto tempo. O novo DNA, descortinado pelo movimento energético da passagem de 3D para 5D, mostra um imenso campo de possibilidades na intrínseca rede de poder de mudança que passa a orientar o livre arbítrio dos seres humanos.

A consciência tem sua manifestação a partir do processo binário (0-1) do esvaziar e preencher. A lógica da inteligência racional está fundamentada na limitação do acumular sempre, tendo imenso apego ao manter cheio. A lógica do emocional está no poder da entrega, do controle sem controlar, no agir sem uma ação de delimite, que escravize. A verdade está na coragem do deixar  fluir, fazer parte de, sem modificar.

Quando nos focamos no desejo, nutrindo o sentimento do já realizado, tudo nos será possível manifestar.

Estar ciente do momento, mantendo o foco no agora, é a chave que abre todas as portas.

Qualquer tipo de apego, gera dependência, dor e sofrimento. Ao esvaziar-se dos medos, não deixe seu coração vazio, mas preencha-o imediatamente com aquilo novo que deseja vivenciar. Se o vazio permanecer, será novamente preenchido pela última emoção, o medo.

O melhor a ser feito é preencher o vazio deixado com amor, pois este traz valor a todas as atitudes.

A consciência de ser, gera um campo energético que vibra na frequência da manifestação projetada. A realização é desencadeada a partir da sintonia do desejado com o sentimento do já realizado.

Concluímos que qualquer movimento que resolvamos fazer, dependerá da emoção do momento e do objeto de manifestação. Cada intenção gera um código de acesso que será faceado com o código original e isto manifesta.

Namastê

pointer01 - Protocolo para cura de todos os medos
DE​​​​​​​SCUBRA, TOTALMENTE GRÁTIS,   COMO MUDAR RADICALMENTE A SUA VIDA E PASSAR A VIVER PLENAMENTE, "SEM LIMITES."
Clique abaixo e receba gratuitamente o e-book REPROGRAMANDO O SEU DNA
capa ebook popup - Protocolo para cura de todos os medos
Comentários
2017-09-19T17:56:25+00:00

Sobre o autor

Ademir A. Fulber
Ademir A. Fulber é Coach de saúde e Terapeuta Ayurveda Quântica. Desde os 14 anos, inconformado com os padrões convencionais, iniciou sua busca por uma nova maneira de pensar e se relacionar com os acontecimentos externos. Em sua trajetória profissional, pertenceu à aeronáutica e atuou como odontólogo por vários anos, porém para dar asas à sua aspiração desde adolescente, abandonou o sistema convencional e passou a dedicar-se exclusivamente às terapias alternativas, indo "beber diretamente na fonte". Na Índia iniciou-se na técnica milenar ayurveda e passou a dedicar-se às "curas de todos os males".